Dia da secretária - Porque devemos valorizar tanto essa data? Uma breve reflexão

No dia 30 de setembro comemoramos o dia da secretária. Essa data muito importante, de profissionais essenciais para qualquer empresa, é comemorada nesse dia devido a um grande acontecimento histórico. 30 de setembro foi marcado como a data de nascimento da primeira mulher que utilizou uma máquina de escrever. Lilian Sholes nasceu em 1850 e era filha de Christopher Sholes, o inventor da máquina de escrever. Essa data foi escolhida, também, pelo fato da máquina de escrever ter sido, por muito tempo, a principal companheira de trabalho das secretárias. Por muitos anos, as empresas fabricantes de máquinas de escrever, promoviam concursos para eleger a melhor datilógrafa. O evento era realizado no dia 30 de setembro de cada ano, divulgando ainda mais as comemorações do dia da secretária.


A profissão de secretária exige muita dedicação e organização de suas profissionais. Além disso, para ser uma boa secretária, algumas características são fundamentais, como: simpatia, dedicação, paciência, educação e sensibilidade, além de outros adjetivos importantes quando o assunto é o relacionamento interpessoal, principal atividade desempenhada pelas secretárias.

As secretárias do Brasil viram sua profissão ser regulamentada no dia 30/09/85, curiosamente no dia da secretária. A lei prevê que para o exercício da profissão, as secretárias possuam curso superior em Secretariado Executivo, qualquer outra formação superior aliada à experiência comprovada de 36 meses, ou então, a conclusão de curso de secretária a nível médio.  Para aquelas secretárias que não possuem tais formações, a lei assegura os direitos para aquelas profissionais que tem cinco anos ininterruptos da prática da profissão ou então, dez anos intercalados de atividades como secretaria.

É importante reconhecer essa importante profissão. Se você possui uma secretária, ou trabalha em conjunto com uma, não deixe de enviar recados animados, salientando a importância dela para a sociedade e para o trabalho. Enviar um cartão online pode ser uma boa opção. Existem cartões com vários recados para o dia da secretária, basta você escolher o melhor e enviar. Ela vai adorar a lembrança! Envie junto flores, bombons e principalmente, sua satisfação em trabalhar com essa profissional super importante.

Feliz dia da secretária para todas as profissionais do Brasil!

 

Read more

A notícia no jornalismo e as novas plataformas de cobranças

O papel do jornalismo na sociedade é subnível, depois de tudo, a mídia está nos dois lados da mesa: às vezes é responsável por adoctrinar e influenciar os pontos de vista de acordo com seu interesse no cenário político, outros sendo o caminho para as pessoas emancipação através do acesso de informação uma interpretação. Com uma coisa tão diferente em torno do tema, torna mais fácil entender por que o jornalismo está em uma crise: existem problemas em sua definição. Como a maioria das pessoas não aceita, também é um produto comercial. A categoria que está mais próxima do conteúdo do mercado se sustenta, mas a outra parte que tenta ser um serviço público para o cidadão não pode. O jornal está fechando, o bom profissional está sendo trocado por inexperientes e a maioria dos meios de comunicação que procuram lucros se incluem nas técnicas de vitalização da internet.


No meio deste cenário caótico, as empresas de comunicação adotaram duas práticas diferentes para se fundir capaz de sustentar a receita e, ao mesmo tempo, manter o conteúdo para o consumidor. O primeiro (sendo usado para a Folha de São Paulo, Gazeta do Povo, Veja, Carta Capital, Piauí Herald e outros) é a limitação do conteúdo para o consumidor, para notícias exclusivas você precisa pagar assinaturas mensais. O outro, mais perigoso, é dar mais espaço ao interesse comercial na área editorial, informações disfarçadas de notícia e naturalizadas no mosaico de conteúdos disponíveis.

Aqueles que se recusam a qualquer uma dessas práticas, hoje em dia, são conhecidos como jornalistas alternativos - na maior parte do tempo, compostos por jornalistas experientes, estão apenas na internet e têm muitas dificuldades para financiar o trabalho, mesmo assim, esta categoria possui os melhores candidatos. de qualidade. Alguns exemplos são Agencia Publica que analisa o discurso político no Brasil, Jornalistas Livres que já descobriram muitos casos criminais no Paraná ou o Mids Ninja mais politizado - aquele que foi a chave para desmistificar a manipulação da mídia em muitas situações, como a Manifestações de 2013 e 2015.

O problema é que nenhuma das alternativas tenta usar as técnicas de marketing para se aproximar do leitor e "vender" a informação. Como qualquer indústria, quando há uma mudança é o hábito do consumidor, o profissional deve se adaptar às novas necessidades. O valor da credibilidade tem vindo a verificar se o jornalismo começou a entrar nas plataformas digitais.

A pesquisa de mídia brasileira de 2016 mostra que a maioria das pessoas acredita mais no que lê em veículos impressos (56%) - ao mesmo tempo é o menor em audiência. Por outro lado, a mais lida, a internet (75%), é a menos confiável. Naquele mundo com muita informação, o jornalista mais que nunca, precisa entender o papel que eles têm para interpretar os fatos, orientar as pessoas para os fatos verdadeiros e não inventar e saber o que destacar para ajudar no cronograma do discurso público.

No documentário de Jorge Furtado, "O mercado da noticia", levanta a discussão sobre como os veículos realmente defendem idéias como qualquer outra empresa, mas apenas tentam não assumi-la para não perder confiabilidade com o público. As pessoas não devem se preocupar com a quantidade de influência que há um texto, uma vez que sempre será com alguma visão do repórter ou do veículo. O perigo real é reconhecer o papel do jornalismo no mercado da informação e perceber que esse marketing ocorre em um cenário de pouca diversidade. Hoje no Brasil, por exemplo, a mídia é controlada por seis grandes famílias, todas com interesse comum,

Read more

Sabonetes para aliviar a acne do rosto - Principais métodos

Desobstruindo os poros e proporcionando uma pele mais macia e saudável, o gel conta com microgrânulos que, sem ressecar a pele, suavizam imperfeições após a esfoliação. Dentre as contraindicações o rótulo recomenda: não aplicar nas pálpebras e ao redor dos olhos e evitar exposição ao sol durante o uso.

O produto deve ser aplicado uma vez por dia em todo o rosto em finas camadas e com uma leve massagem de 30 segundos. A zona T (nariz, testa e queixo) deve receber atenção especial, por ser uma área de alta concentração de oleosidade e maior propensão a cravos e espinhas. O enxague deve ser abundante e, depois que a pele estiver seca, é recomendado o uso de protetor solar.


PRECAUÇÕES: Produto de uso cosmético. Não aplicar nas pálpebras e ao redor dos olhos. Evitar exposição ao sol durante o uso (é aconselhado o uso de protetor solar). Durante a primeira semana de uso, aplicar pequenas quantidades em dias alternados. Uma leve sensação de ardor, pinicação ou ressecamento da pele poderá ser observada nas primeiras aplicações. Manter fora do alcance das crianças. Não ingerir. Em caso de contato acidental com os olhos, enxaguar abundantemente. Havendo irritação, suspenda o uso e procure orientação médica.

Read more

1 2 3