5 Técnicas para economizar na conta de luz da Coelba - Efeitos no primeiro mês!

Você certamente já pensou em técnicas que pudessem o ajudar a economizar um pouco. Os moradores da Bahia certamente se comprometem com essa necessidade de ter que ficar cada vez mais propícios a uma mudança de hábitos para salvar seus bolsos.  Ao menos retirar a 2 Via Coelba é muito simples pelo site oficial, operação que pode ser feita me menos de cinco minutos. 

Em cada lavagem usamos 50 litros. Cada vez que você põe em marcha a máquina de lavar roupa, preencha-a.  As máquinas de lavar roupa de baixo consumo economizam até 70% de água e 24% de energia.

Analise os ciclos de lavagem que oferece cada modelo e lembre-se a importância de se dispor de um ciclo económico e curto; e a possibilidade de escolher diferentes temperaturas de lavagem

Tenha em conta que as máquinas de lavar roupa de carregamento frontal gastam, em geral, menos energia e menos água que as de abertura superior.

90% do consumo da máquina de lavagem é para aquecer a água. Use um programa de lavagem com água fria ou morna, que costuma ser o suficiente com os detergentes atuais.


2. Máquina de lavar louça é mais eficiente do que lavar à mão com água quente

O lava-louça é um dos aparelhos que mais consome energia. 90% desse consumo se deve ao processo de aquecer a água e o 10% restante é usado para girar as pás e agitar a água. Não obstante, lavar os pratos à mão com água quente supõe 40% a mais de consumo que com o máquina de lavar louça.

Escolha o tamanho de sua máquina de lavar, em função de suas necessidades. Se você normalmente tem pouca louça para lavar, dificilmente poderá utilizar uma máquina de lavar louça grande a plena carga.

Uma opção interessante são os chamados máquina de lavar louça bi-térmicos, que têm duas entradas independentes, uma para a água fria e outra para água quente. Deste modo, a água quente é retirado do circuito proveniente do aquecedor ou caldeira, reduzindo em 25% o tempo de lavagem e economizando energia.

3. A geladeira é o eletrodoméstico que mais consome, melhor que nos ajude a poupar

A geladeira consome 40% do que consomem o conjunto de aparelhos.

O gelo e a geada são isolantes e dificultam o resfriamento no interior do frigorífico. No mercado existem modelos, os chamados "no-frost", ou sem glitter, que tem uma circulação contínua de ar no interior, que evita a formação de gelo e geada.

Regule a temperatura da geladeira de acordo com as instruções do fabricante. Cada grau centígrado de frio supõe o aumento de 5% no consumo de energia.

Mantenha a parte de trás do frigorífico e congelador sempre limpo e ventilado e coloque-os longe dos focos de calor. Instalados em más condições podem consumir até 15% a mais de energia.

Não coloque alimentos quentes no frigorífico ou no congelador. Se os deixe esfriar fora, você economiza energia.

Verifique que o seu frigorífico fecha hermeticamente e não o abra inutilmente. Poucos segundos são suficientes para perder boa parte do frio acumulado.

4. Realiza um bom isolamento de portas e janelas, e você vai economizar muito em aquecimento e ar condicionado.

Um bom isolamento pode economizar até 40% das despesas de uma família em que o consumo de aquecimento, cerca de 160 euros por ano, e também um percentual considerável em sistemas de ar condicionado e climatização, de acordo com o Instituto de Diversificação e Poupança de Energia (IDAE).

Para arejar um quarto são suficientes 10 minutos.

5. Poupar com a placa e o forno

Se sua cozinha é elétrico, use panelas e frigideiras de maior tamanho do que a placa ou zona de cozedura. Se um recipiente e deixe ao ar duas ou três centímetros da zona de cozedura, está perdendo a metade de toda a energia consumida. Sempre que a receita o permita, utilize panelas de pressão. Consomem metade da energia e poupam muito tempo.

Aproveite o calor residual dos fogões elétricos, apagándola quando faltarem cerca de cinco minutos para terminar de cozinhar (um pouco menos se for uma placa de vitrocerâmica).

Não abra desnecessariamente o forno. Cada vez que o faça, a temperatura pode reduzir entre 50 e 125 graus, e está a perder até 20% do calor acumulado. Use o relógio programador ou o timbre avisador do forno.

Se você usa habitualmente o forno, saiba que os de convecção favorecem a distribuição uniforme de calor, poupam tempo e gastam menos energia.