5 Técnicas para economizar na conta de luz da Coelba - Efeitos no primeiro mês!

Você certamente já pensou em técnicas que pudessem o ajudar a economizar um pouco. Os moradores da Bahia certamente se comprometem com essa necessidade de ter que ficar cada vez mais propícios a uma mudança de hábitos para salvar seus bolsos.  Ao menos retirar a 2 Via Coelba é muito simples pelo site oficial, operação que pode ser feita me menos de cinco minutos. 

Em cada lavagem usamos 50 litros. Cada vez que você põe em marcha a máquina de lavar roupa, preencha-a.  As máquinas de lavar roupa de baixo consumo economizam até 70% de água e 24% de energia.

Analise os ciclos de lavagem que oferece cada modelo e lembre-se a importância de se dispor de um ciclo económico e curto; e a possibilidade de escolher diferentes temperaturas de lavagem

Tenha em conta que as máquinas de lavar roupa de carregamento frontal gastam, em geral, menos energia e menos água que as de abertura superior.

90% do consumo da máquina de lavagem é para aquecer a água. Use um programa de lavagem com água fria ou morna, que costuma ser o suficiente com os detergentes atuais.


2. Máquina de lavar louça é mais eficiente do que lavar à mão com água quente

O lava-louça é um dos aparelhos que mais consome energia. 90% desse consumo se deve ao processo de aquecer a água e o 10% restante é usado para girar as pás e agitar a água. Não obstante, lavar os pratos à mão com água quente supõe 40% a mais de consumo que com o máquina de lavar louça.

Escolha o tamanho de sua máquina de lavar, em função de suas necessidades. Se você normalmente tem pouca louça para lavar, dificilmente poderá utilizar uma máquina de lavar louça grande a plena carga.

Uma opção interessante são os chamados máquina de lavar louça bi-térmicos, que têm duas entradas independentes, uma para a água fria e outra para água quente. Deste modo, a água quente é retirado do circuito proveniente do aquecedor ou caldeira, reduzindo em 25% o tempo de lavagem e economizando energia.

3. A geladeira é o eletrodoméstico que mais consome, melhor que nos ajude a poupar

A geladeira consome 40% do que consomem o conjunto de aparelhos.

O gelo e a geada são isolantes e dificultam o resfriamento no interior do frigorífico. No mercado existem modelos, os chamados "no-frost", ou sem glitter, que tem uma circulação contínua de ar no interior, que evita a formação de gelo e geada.

Regule a temperatura da geladeira de acordo com as instruções do fabricante. Cada grau centígrado de frio supõe o aumento de 5% no consumo de energia.

Mantenha a parte de trás do frigorífico e congelador sempre limpo e ventilado e coloque-os longe dos focos de calor. Instalados em más condições podem consumir até 15% a mais de energia.

Não coloque alimentos quentes no frigorífico ou no congelador. Se os deixe esfriar fora, você economiza energia.

Verifique que o seu frigorífico fecha hermeticamente e não o abra inutilmente. Poucos segundos são suficientes para perder boa parte do frio acumulado.

4. Realiza um bom isolamento de portas e janelas, e você vai economizar muito em aquecimento e ar condicionado.

Um bom isolamento pode economizar até 40% das despesas de uma família em que o consumo de aquecimento, cerca de 160 euros por ano, e também um percentual considerável em sistemas de ar condicionado e climatização, de acordo com o Instituto de Diversificação e Poupança de Energia (IDAE).

Para arejar um quarto são suficientes 10 minutos.

5. Poupar com a placa e o forno

Se sua cozinha é elétrico, use panelas e frigideiras de maior tamanho do que a placa ou zona de cozedura. Se um recipiente e deixe ao ar duas ou três centímetros da zona de cozedura, está perdendo a metade de toda a energia consumida. Sempre que a receita o permita, utilize panelas de pressão. Consomem metade da energia e poupam muito tempo.

Aproveite o calor residual dos fogões elétricos, apagándola quando faltarem cerca de cinco minutos para terminar de cozinhar (um pouco menos se for uma placa de vitrocerâmica).

Não abra desnecessariamente o forno. Cada vez que o faça, a temperatura pode reduzir entre 50 e 125 graus, e está a perder até 20% do calor acumulado. Use o relógio programador ou o timbre avisador do forno.

Se você usa habitualmente o forno, saiba que os de convecção favorecem a distribuição uniforme de calor, poupam tempo e gastam menos energia.

Read more

Coisas interessantes que você não sabia sobre a eletricidade

Uma família com recursos limitados, que nada contra a corrente do mercado, e trata de satisfazer suas necessidades básicas, tem também direito a colocar luzes em um portal e um raminho de cipreste que lhe sirva de esperança nesta época.

E a Empresa de Serviços Públicos de Heredia (ESPH), responsável e solidária com o direito de levar um cabo a uma distância que seja necessária e chegar a esses sites, investe os recursos necessários sem transferir estes custos para os cidadãos, pois é esta empresa um dos últimos redutos do modelo solidário e de desenvolvimento herediano.


Assim as coisas, o benefício também significa sacrifício de outro lado e obedecer a regulamentação e legislação em vigor.

Para alargar o comentário de Luis Guilherme Hernandez V. (JORNAL EXTRA, pág. 9, 21-11-2013) -mesmo que está baseado em interesses pessoais e redigido sem fundamento algum - queremos expor alguns detalhes:

Os ajustes no preço da energia por efeitos climáticos atingiram todo o país.

No entanto, os clientes da ESPH são parte dos menos afetados, de acordo com dados de Aresep.

As tarifas estão segmentados com base em princípios, categorias de mercado e fundamentadas no uso final do serviço.

Esses critérios correspondem a políticas energéticas nacionais.

As cargas de alimentação de serviços comerciais obedecem a uma regulamentação.

O consumo de energia para uso residencial é muito menor para os consumos comerciais e ainda muito menor é a taxa preferencial para instituições de caridade, escolas e faculdades, que aplicamos aqui na Empresa.

Os custos operacionais de negócios são altos no setor comercial.

Mas é essa a diferença dos custos residenciais: casas não são geradores de renda, por si mesmos, mas sim de despesas.


DEFENDER MELHORES PREÇOS

A política e o crescimento da ESPH, desde a sua concepção é oferecer serviços de qualidade.

Por essa razão, e estudos económicos, financeiros e técnicos, contamos com um planejamento de projetos de geração a longo prazo, o que nos permitirá continuar a fornecer serviços de qualidade ao preço mais baixo possível.

Do mesmo modo, estamos na melhor disposição de aderir aos esforços cidadãos para melhorar as taxas, mas há que ter claro que o serviço elétrico afeta o emprego nacional, as exportações, a produção nacional e a estabilidade económica e social de um país.

Formemos opiniões e fortalecer o diálogo nacional em busca de respostas e soluções viáveis para o bem da sociedade.

Read more

1